domingo, março 03, 2024

O meu obrigado


Hoje, após ter votado por antecipação, disse aos membros da mesa de voto: "Muito obrigado pelo vosso trabalho". Recebi de volta sorrisos de agrado. O meu gesto foi muito sincero. A democracia deve àquelas pessoas um reconhecimento pela sua desinteressada dedicação cívica. 

6 comentários:

João Felgar disse...

A democracia e a liberdade, está a ser desperdiçada, com muitos casos de faltas de justiça na Republica.

Das ligações de certos órgãos de comunicação social serem parciais no que toca a tomarem partido de algumas forças e quando deviam ser imparciais e quando divulgam mentiras e esta tudo bem entre eles.

Dos politicos que nao cumprem as promessas e criam dividas com o dinheiro de todos nós contribuintes e acham se no direito de serem donos temporariamente de um Portugal que passsamos a ser escravos desta elite de politicos.

Eu nao voto à 30 anos, todos os anos aumentam impostos, fazem o retrocesso do Portugal e cada vez mais 2/3 da população portuguesa nao vai votar, sao sempre os mesmos.

Isto nao muda com votos, nao.

O sistema esta viciado e precisa de fato uma limpeza de fundo de valores, que nao existem

Anónimo disse...

Desinteressada, sr. Embaixador?

Cumprimentos

Anónimo disse...

"Eu nao voto à 30 anos," ???
Zeca

Tony disse...

Não vota, desde 1994, desde o governo (XII Governo Constitucional de Portugal), cujo chefe fora, Aníbal Cavaco Silva. Com o Guterres, e a partir daí, já não há nada para ninguém. Não participa, mas protesta!

Marco M. disse...

Desinteressada porquê? Acha que são 50 euros que paga um domingo afastados da família?

João Felgar disse...

Exatamente nao se protesta, também nunca tive a necessidade que outros me governassem, as pessoas elegem politicos para nós desgovernar.


A mim nemhum dos partidos me representa, nao preciso de alguém para me governar.

Eu trabalho, pago impostos e mesmo assim, desgovernam nos e ainda temos que pagar as dividas destes ditos governantez.

Carlos Antunes

Há uns anos, escrevi por aqui mais ou menos isto: "Guardo (...) um almoço magnífico com o Carlos Antunes, organizado pelo António Dias,...