quarta-feira, maio 25, 2022

A tiro

Fala-se hoje bastante do tiroteio numa escola do Texas que matou 19 pessoas, mas fala-se muito menos na operação policial, numa favela do Rio, que, há poucas horas, matou 22. São coisas diferentes? São, mas, por razões diferentes, deviam chocar-nos de forma idêntica.

3 comentários:

João Cabral disse...

«tiroteio numa escola do Texas que matou 19 pessoas»
Crianças, senhor embaixador, crianças... E um atirador solitário com apenas 18 anos.

aguerreiro disse...

Absolutamente! pura falta de Catecismo ensinado em idade própria, diria a minha tia catequista e que eu corroboro.

Joaquim de Freitas disse...

Terrorismo de Estado, contra cidadãos desvalorizados, dum lado, e terrorismo individual livre num país que faz do direito de matar um direito constitucional.

A carta da Líbia

Naquela segunda metade da década de 70, as relações entre Portugal e os países árabes iam de vento em popa. Os mercados árabes, diluídas que...