sábado, 9 de maio de 2020

Teses, precisam-se!


Fazem-se teses universitárias a propósito de tudo e de nada. Espero que alguém se lembre de estudar o modo como a nossa comunicação social tratou esta crise, como “hierarquizou” as boas e as más noticias, como “jogou” com o otimismo e com o alarmismo. E como fez perguntas...

2 comentários:

Anónimo disse...

Certo! E serviriam para quê as teses, quando é óbvio que os orgãos de CS acham que estão bem e recomendam-se ?

MRocha

Anónimo disse...

É simples. De uma lado o mau da fita, Trump, o causador de todas as desgraças de este mundo, presentes, passadas e futuras. Do outro, os bons, magnânimos, ilustres, generosos, os "Uniãoeuropeiaófilos".