sábado, 9 de maio de 2020

O dia da vitória


Estou a ver, ali adiante, a casa onde hoje vivo. Esta imagem é tirada de uma das varandas do edifício onde funcionava a embaixada britânica em Lisboa. Há três bandeiras, de três dos Aliados vitoriosos, nesse magnífico dia de 1945: Reino Unido, Estados Unidos da América e França. E houve também, como os relatos daquele dia o notam, pessoas que tinham na mão apenas um pau de bandeira, sem qualquer bandeira. Queriam simbolizar o outro vencedor da guerra, a União Soviética.

13 comentários:

Anónimo disse...

Não deixa de ser irónico os comunas serem celebrados com um pau na mão...

Joaquim de Freitas disse...

O que pagou mais caro que nenhum outro o preço da Vitoria, sem o qual esta não teria sido. Mas o fascismo salazarista assim o impôs. E está de volta, segundo o que leio. Mas talvez nunca tivesse ido…

Anónimo disse...

A História repetiu-se na RTP na efeméride "histórica" sobre a vitória. Nem pau houve quanto mais bandeira.

" R y k @ r d o " disse...

Bom dia:- Oxalá parem as acusações à China sobre o "nascer" naquele grandioso País do covjd-19. Seja verdade oui não, temo que as coisas podem tornar-se feias e poder vir a acontecer uma 3ª Guerra mundial. Oxalá me engane. Oxalá...
.
Um Sábado feliz
Cumprimentos

aamgvieira disse...

Acrescentar ao texto, o seguinte :

Depois de 8 de Maio de 1945 , A URSS criou ditaduras comunistas nos países que "libertou".

Esses países não esqueceram até hoje que depois do nazismo apanharam com as botas do comunismo!!

Joaquim de Freitas disse...

Ryk@rdo: Tenha paciência: Secretário de Estado norte-americano diz que provas podem não ser fidedignas. Vamos ter direito a um "remake" BUSH/POWELL sobre as AMD, que nunca existiram...

Joaquim de Freitas disse...

aamgvieira ; Se analisamos o que fizeram os americanos e a UE, colocando uma enorme força militar às portas da Rússia, a estratégia do Pacto de Varsóvia e dos estados tampão, para a sua protecção, era compreensível da parte da Rússia. Tanto mais que os Russos sabiam, mesmo antes do fim da guerra de 1945, quais eram os verdadeiros sentimentos, e as intenções dos “aliados” a seu respeito.

Senão, desde que os Russos acabaram com o Pacto , porque é que os EUA, conservaram a NATO, e, pela técnica dos “regime change” e interferências de toda a espécie puseram governos hostis, mesmo fascistas, na fronteira da Rússia?

Luís Lavoura disse...

o outro vencedor da guerra, a União Soviética

Em rigor, foi o crucial vencedor da guerra. Na Europa, a Segunda Guerra foi basicamente uma guerra entre a Alemanha e a URSS - tudo o resto foram side-shows.

Joaquim de Freitas disse...

Luis Lavoura : Exactamente.

Anónimo disse...

Ó Lavoura, esse "side show" que incluiu a invasão da Europa ocidental pela Alemanha, a invasão da Europa do sul, a invasão da Escandinávia, a invasão do norte de África, a tentativa de invasão da Grã Bretanha, foi bestial, não foi? Maior espetáculo do que esse, só mesmo o da nhurrice.

joão pedro disse...


AAMGVieira: O que ocorreu nos países de Leste foi que os filhos dos colaboradores das classes dominantes nesses países que eram aliados do III Reich regressaram ao poder e agora estão a ficar fascistas como em 1941 quando juntaram os seus exércitos aos de Hitler para invadirem a União Soviética.

Luís Lavoura: É como disse.

João Pedro

Anónimo disse...

Aí estão eles, os ratos a sair das tocas ao sentirem o doce cheiro dos elogios aos seus donos! Os canalhas facínoras que escravizaram a Europa de leste continuam a ter seguidores e, sobretudo, a terem o beneplácito de alguns "democratas". Uns vivem no luxo e falam francês, outros embebedam-se em tascas rascas, mas estão juntos no fascínio pelo sangue feito derramar a milhões pelo camarada Estaline!

Há muito louco a sentar-se ao nosso lado...

Francisco Seixas da Costa disse...

Caro jjAmarante. Fico grato pelo seu cuidado, mas, se alguém tiver essa coisa simples que é uma antiga lista telefónica fica a saber, há muito, que é esse o meu endereço.