quinta-feira, 26 de abril de 2018

Vermo-nos gregos

Partilhando a alegria de alguns amigos, felizes por verem Varoufakis descer ontem a Avenida da nossa Liberdade, não tenho coragem para lhes dizer que essa presença separa mais do que une. Mas tudo bem! Viva o 25 de abril.

2 comentários:

João Cabral disse...

É Abril que deve escrever, senhor embaixador. Há uma diferença entre um simples mês e um mês de uma data história ou festividade. Essa distinção está lá no novo acordo...

Luís Lavoura disse...

A manif na avenida da Liberdade é uma manif de diversidade. Há lá diversos grupos. Com opiniões distintas entre si, naturalmente. É portanto uma manif separada, não unida. A única coisa que a todos une é a congratulação da liberdade.
Dizer que Varoufakis separa mais do que une é óbvio. Mas ele também tem o direito de celebrar a liberdade, tal como todos os outros.