sábado, março 18, 2023

What if ?


Para quem não saiba, num jornal, as páginas par são consideradas menos importantes do que as ímpar. Esta notícia veio numa página par, com uma chamada discreta na primeira página. Agora, pensem bem o "foguetório" que teria sido se o resultado fosse ao contrário...

3 comentários:

João Cabral disse...

É uma cabala, senhor embaixador...

manuel campos disse...


É conhecida a diferença entre ser página par ou ímpar.
Mas não exageremos a importância desta sondagem através desse facto particular.
Neste momento nem podia ser de outra maneira: a economia está e vai continuar uma boa alhada, a “rua” está e vai continuar muito “animada”, as pessoas já têm suficiente medo do futuro com o PS lá quanto mais pensarem em mudar seja o que fôr agora.
Aliàs é disso que me venho queixando aqui há muito tempo, que o PS fique muito contente com estas sondagens que me parece estarem a mascarar outros factos,como acima descrevo, “escondidos” pelos tempos menos simpáticos que vivemos.
Não venho com o blá-blá-blá de que sempre votei PS (mas pelo sim, pelo não, relembro) mas eu não fico muito feliz nem infeliz com isto, decerto problema meu.

Quanto a comprar um carro a um ou ao outro, adianto já que não compraria a nenhum.
Mas, mais importante ainda, também não venderia um carro a nenhum sem a devida transferência estar numa conta minha e eu a ter mudado para outra conta minha.

Nota- ALHADA (figurado): CONFUSÃO, EMBRULHADA, ENREDO, TRAPALHADA

Francisco de Sousa Rodrigues disse...

Pois.. Mas ai de quem diga que a CS vira mais para a direita.

Que Praga!

Ainda bem que o jogo acabou. Estava farto de ouvir chamar Chéquia à República Checa.