sexta-feira, março 24, 2023

Digam lá!

Depois de ter chamado aos tercios o tema Touradas, que, em especial no Facebook, acabou de sair em ombros pela porta grande, com direito a rabo e orelhas, que outro tema fraturante, daqueles que excitam pela certa os teclados, acham que suscite neste fim de semana, para usufruto dos nossos comentadores mais emocionáveis: a TAP, Salazar, Ucrânia, Acordo Ortográfico, Cavaco, Monarquia / República, Sócrates, a Catalunha ou o quê mais? Ou o Passos? Até já pensei fazer ressuscitar o Varufakis e o Syriza, que, no passado, provocaram por aqui tantos suspiros derretidos e taquicardias balzaquianas? Estas redes sociais são sempre uma animação!

5 comentários:

João Cabral disse...

O senhor embaixador gosta é de provocar, confesse lá.

manuel campos disse...


Que gosta de provocar já se sabe porque já o confessou.

Mas tudo menos o Varufakis, essa dos "suspiros derretidos e taquicardias balzaquianas" é logo o que me vem à memória quando vejo alguma foto dele perdida por aí.

disse...

Fale sobre o Sócrates. Há muito tempo que não estou em desacordo com os seus posts. Esse tema sempre me aqueceria um bocadinho.

Francisco de Sousa Rodrigues disse...

Às vezes dá-me tanto gozo não ter grande opinião sobre certas matérias e assistir de camarote às vãs tentativas de se "ganhar" discussões.

manuel campos disse...


Francisco

É isso mesmo.
Não estou em nenhuma rede social mas entre blogues e caixas de comentários de jornais também sempre senti o mesmo gozo.
Pois se no "real" ninguém ganha discussões quanto mais no "virtual" (no "real" quanto muito pode-se ganhar a cena de pugilato posterior).

Houve uma altura em que lia os comentários aos artigos que me interessavam aí num jornal, aprendia-se muito mais nos comentários que no artigo, mas agora já nem isso, está tudo aparvalhado e desinteressante.
Ou então sou eu que o estou, vai dar ao mesmo.

Que Praga!

Ainda bem que o jogo acabou. Estava farto de ouvir chamar Chéquia à República Checa.