domingo, março 26, 2023

O Piauí de Juca Chaves


O atual ministro do Desenvolvimento do Brasil, Wellington Dias, era governador do Estado do Piauí, no Brasil, quando, em 2008, lhe fiz uma visita. Tinha ido a Teresina, a capital, para apoiar a apresentação de uma companhia portuguesa de teatro, aproveitando para assistir à abertura um congresso com a participação de juristas nacionais.

Na conversa, Wellington Dias perguntou-me o que é que eu sabia do seu Estado. Ficou surpreendido quando lhe disse que conhecia, de nome, o Piauí, desde há várias décadas: "Foi Juca Chaves quem me ensinou a existência do Piauí", esclareci. O Piauí é, muitas vezes, utilizado pelos brasileiros como nome caricatural para significar um lugar distante: "Isso é lá para o Piauí..." 

O músico, cantor e humorista brasileiro, Juca Chaves, que chegou a ser bastante popular em Portugal, onde esteve exilado, ao tempo da ditadura militar, criou uma canção que veio a ficar famosa: "Take me back to Piauí" ("Adeus Paris tropical/adeus Brigite Bardot/o champanhe me fez mal/caviar já me enjoou/Simonal que estava certo/ na razão do Patropi/eu também que sou esperto/vou viver no Piauí") E, em outras ocasiões, também usou o nome do Estado em piadas, nem sempre com agrado dos piauienses. Juca Chaves dizia, numa dessas histórias, que, no Piauí, o calor era tal que as aves batiam uma das asas para refrescar a outra... O meu amigo José Pereira, o mais antigo funcionário da nossa embaixada em Brasília, contava, com gosto, esta graça sobre o seu Piauí natal.

Wellington Dias disse-me então que o Piauí, ao reagir negativamente às referências caricaturais de Juca Chaves, não se dava conta de quanto elas tinham contribuído para a difusão do nome do seu Estado, como eu próprio ali confirmara. E estava grato por elas.

Juca Chaves morreu agora, com 84 anos.

3 comentários:

manuel campos disse...


Assisti a todos os espectáculos que ele deu em Portugal, no Teatro Capitólio do Parque Mayer.
Tive todos os LP E EP editados entre nós, que devem ter ficado em casa de meus Pais quando de lá saí (não foram muitos).

Mas a sorte não me escapou, um amigo meu providenciou-me há bastantes anos um DVD-R com os ficheiros de todos os espectáculos ao vivo e discos dele (que entretanto copiei para duas "pen" como medida de segurança dupla).
Talvez aqui há uns 2 anos estive a ouvir a minha "Integral Juca Chaves" quase de seguida, num Verão no interior do país, horas e horas de puro prazer.
Ainda bem que o fiz, há nele o génio que só os grandes humoristas têm e que nunca deixa de ser actual.
Mas é evidente que cada um de nós tem o seu tipo de humor, são gostos, não se discutem.

No pesquisa do google procurar por "Juca Chaves - Take Me Back To Piaui"

E também "Juca Chaves - BRASIL JÁ VAI À GUERRA"
ou "Juca Chaves - Presidente Bossa Nova"

manuel campos disse...


Esqueci-me de dizer, para quem nunca viu nem ouviu qualquer espectáculo de Juca Chaves, que as canções eram uma espécie de "intervalo" entre uma infinidade de anedotas e textos jocosos, num espectáculo de 2 horas cantaria uma meia dúzia.
Não era um cantor, o que aliás está bem patente nos videos acima.

Flor disse...

Manuel Campos muito obrigada!

Que Praga!

Ainda bem que o jogo acabou. Estava farto de ouvir chamar Chéquia à República Checa.