domingo, 30 de maio de 2021

Para grunho, grunho e meio!

Interessante e clarificadora foi a expressão do (agora ex-) vice-presidente do Chega (e antigo quadro do MDLP), Diogo Pacheco de Amorim: “Não podemos funcionar dentro da bolha das pessoas bem-educadas porque ... a maior parte das pessoas não o são - e só entendem esta linguagem”.

Sem comentários: