sábado, 8 de maio de 2021

Moedas

Carlos Moedas, um homem sério, cordato e competente, que honrou Portugal num cargo de comissário europeu, que ele próprio teve o mérito de “construir” e onde se (e nos) prestigiou, deve perceber que um discurso “caceteiro” pode atenuar-lhe a derrota mas afetar-lhe a (boa) imagem.

3 comentários:

albertino ferreira disse...

Se não me engano, acho que ele vai regressar à Gulbenkian com o rabo entre as pernas!

Tony disse...

Acho que é bom, em gabinete, mas para a função de Presidente de Câmara, ainda por cima, particularmente, esta; não me parece, que tenha "unhas" e estilo.

João Pedro disse...

"sério, cordato e competente" não são miscíveis com Goldman Sachs