segunda-feira, 24 de maio de 2021

Carlos Santos Pereira


A melhor homenagem que posso prestar ao jornalista Carlos Santos Pereira, que agora desapareceu, é deixar aqui dito, enquanto profissional de relações internacionais que fui, que ele me ajudou a perceber bem melhor alguns cenários políticos, desde logo a antiga Jugoslávia.

2 comentários:

José disse...

Lembro-me ler o calhamaço "Da Jugoslávia à Jugoslávia", e de me deparar constantemente com "desmentidos" relativamente às notícias que a comunicação social nos dava. O jornalista pareceu-me ter uma forte tendência para compreender o lado sérvio da questão e isso sempre me deixou intrigado. É um livro que nos deixa com a certeza de que alguém nos enganou mas com a incerteza sobre quem o fez...

José Lopes disse...

Também o apreciava, embora já há muito estivesse afastado das TVs,, por motivos que nunca entendi. E pelos vistos vivia em Ourém, aqui perto.
Dos actuais, gosto de ouvir/ler o Prof. José Pedro Teixeira Fernandes.