sexta-feira, 29 de janeiro de 2021

“Pega na lancheira...”

A um comentário “escandalizado” por os deputados terem refeições, quando trabalham fora de horas, perguntei por aqui se se esperava que levassem lancheiras. Caiu o Carmo e a Trindade, como se fosse um insulto a quem usa lancheira! O miserabilismo é a doença infantil da demagogia.

1 comentário:

Jaime Santos disse...

Apoiado! Ou querem que eles na AR arranjem uns bicos de gás para os deputados da Nação aquecerem as marmitas :) ?

Claro que vão dizer que os operários da construção civil trabalham mais horas que os deputados e fazem isso.

Pois, só que sucede que isso de fazer leis em contexto de pandemia é mais importante do que assentar tijolos...

Infelizmente, o anti-intelectualismo e o ressentimento social mandam num País em que quem faz trabalho manual é muito mal pago e vota um grande desprezo a quem faz trabalho de secretária. Só que o País tanto precisa de operários, como de engenheiros, arquitetos, deputados, etc. Em resumo, de elites, que são bem menos numerosas...

A alternativa é um chefe que tome todas as decisões. Sucede que num Estado moderno, a burocracia é sempre necessária. E o escrutínio também...