quarta-feira, 6 de abril de 2011

Astérix

Ao lado da Bíblia de Gutenberg, de incunábulos e de outras obras raríssimas, a Biblioteca Nacional de França acaba de acolher, na sua secção de acesso mais reservado, três valiosos originais de obras de Uderzo e Goscinny, entre os quais o mítico "Astérix le Gaulois", que abriu a série magnífica de álbuns.

Histórias com um final feliz: uma certa aldeia gaulesa, completamente cercada do exterior, garantia a sua sobrevivência graças a uma poção mágica...

9 comentários:

one hundred trillion dollars disse...

é uma receita para Portugal?

o tintol é a poção mágica que alimentará as almas de 10 milhões?

Helena Sacadura Cabral disse...

Senhor Embaixador
Nós temos cá essa poção ,que levou um ministro a dizer, há uns meses, que "já tinhamos saído da crise".
Agora percebo porque é que fecharam ontem o Hospital Julio de Matos...

ARD disse...

Asterix e Obelix são fáceis de identificar; Ao Panoramix também se chega, com algum esforço.
Mas o Idefix...

R.Marques disse...

E,se preciso fôr,inventamos um druida...

Anónimo disse...

Senhor Embaixador, mesmo com a famigerada poção mágica, ninguém nos garante que "o céu não nos caia na cabeça", eu desconfio até, que já caiu em cima de alguns e não deram por isso!!

Eduardo Antunes

Anónimo disse...

Nós temos é uma “porção de mágicos”, que tentam – ainda – vender-nos ilusões! Cada um à sua maneira. Cá por mim, prefiro o merceeiro: “hoje não fiamos!”
Que agora teria de adaptar o seu discurso: “nos próximos tempos se quiserem fiado vão ao Tota!”
E quer-me parecer que, tarde ou cedo, lá iremos bater-lhe á porta.
A impressão que me dá, do actual estado de coisas, é a de um doente quase terminal. Mas se calhar estou pessimista!
P.Rufino

Anónimo disse...

Também podia ser:

Um certo país europeu, antes completamente cercado do exterior, garantiu a sua sobrevivência graças à boa gestão dos governos e ao trabalho exímio do povo.

Após muitos sacríficios, é, actualmente, um dos mais desenvolvidos da UE e tido como exemplo a seguir.

Vou colocar o termometro e tomar um ben-u-ron!

Isabel BP

Maria disse...

Senhor Embaixador,

Se a memoria nao me falha, um dos ingredientes essenciais para a pocao magica e "misletoe" ou visgo (visco) em Portugues. Ora, da janela do meu quarto vejo todas as manhas varios "molhos" de mistletoe enrolados nas arvores no jardim. Os esquilos corrrem pelos ramos das arvores e a passarada = melros, gaios, pegas, pardais verdilhoes,cantam deliciados. Sera que vale a pena, mesmo com risco de cair da arvore, apanhar algum visgo, mandar para o bardo c/o a nossa Embaixada em Paris, para ver se ajuda na situacao viscosa em que nos encontramos?

Saudacoes Obelixianas

Maria Crabtree

Julia Macias-Valet disse...

Bruno Racine (presidente da BNF), se dit bien sûr «heureux de l'arrivée du petit héros rouspéteur» dans ses murs.

Cara Helena..."Estes Romanos(Lusitanos) sao loucos !!!!" PAF! Pif!

Cara Isabel BP...ja se sente melhor ? : ))

PS. Pssst !!... Dear Helena, o ministro que disse isso nao estara a ficar Agecanonix ???