sexta-feira, 1 de abril de 2011

António Duarte Silva (1941-2011)

Era um homem cordial, um conversador delicioso, muito inteligente e culto. Foi autarca, governante e gestor. Conheci-o em diversas circunstâncias e sempre dele colhi a imagem de uma pessoa de grande integridade, muito dedicado aos interesses do país. 

Morreu hoje, subitamente, aqui em França.

4 comentários:

Mônica disse...

O que voce disse do seu amigo podemos dizer também do José de Alencar que faleceu há dois dias. Mineiro e um politico brilhante.

António P. disse...

Triste notícia , caro embaixador.
Foi meu professor no Técnico e partilho a imagem que dá de Duarte Silva.
Depois disso cruzei-me ocasionalmente com ele ou por razões profissionais ou acidentalmente e mantive a minha opinião.
Cumprimentos

Anónimo disse...

Conheci o Eng. Duarte Silva há largos anos. Era uma pessoa extremamente afável e muito capaz nas várias tarefas que desempenhou na sua vida profissional e política. Era alguém que passou pela política para servir a comunidade e não para se servir a si próprio. A Figueira da Foz e Portugal estão mais pobres.


LBA

Anónimo disse...

Bem o Sr...
Acho que com as suas homenagens póstumas, dá à luz personalidades ainda por cima Portuguesas( para nós, estou a referir-me aos comuns, os que residem na pseudointerioridade) facultando oportunidade de conhecer...
Isabel Seixas