sexta-feira, 7 de fevereiro de 2020

Um país que não existe (1)

Ainda hei-de viver num país em que possa criticar abertamente o comportamento político e a atitude pública de uma pessoa negra, com a mesma força verbal com que critico um branco, sem que ninguém me venha lembrar que essa pessoa é negra. Mas esse país ainda não existe.