quinta-feira, janeiro 12, 2023

Fusíveis

Em todos os governos, há pastas ministeriais cujos titulares vivem a prazo, isto é, até que se esgote o capital de esperança colocado na sua cara, até que os lóbis corporativos deles dependentes concluam que pouco ou nada lhes calhará na partilha dos meios orçamentais disponíveis.

1 comentário:

Nuno Figueiredo disse...

...tudo isto é fado.

A casca da banana

Na política da Madeira, já chegámos à Madeira.