quinta-feira, outubro 06, 2022

Nobel

Aquele meu amigo putinista (e trumpista, que gosta do Orbán e do Erdogan, que fala com entusiasmo do “André” e que prefere o Salvini à Meloni) enganou-se.

Ontem, quando lhe perguntei um prognóstico para o Nobel da Literatura, tinha-me dito: “Vai para o tipo que escreve os “power points” ao Zelensky, vais ver!”

5 comentários:

Flor disse...

Enganou-se!

Anónimo disse...

Não vou perder muito tempo a procurar sustentação ao vou escrever, mas não deve andar muito longe da verdade: 80% dos laureados com o Nobel são do hemisfério "ocidental norte" (Europa ocidental, Norte América e Oceania mais Japão e Coreia do Sul). E destes talvez uns 80% são norte americanos. Já ninguém leva muito a sério o Prémio Nobel, não concorda?? Claro que o seu amigo estava a ser irónico - com muita razão. Já quanto ao Nobel da Paz, aposto 100 euros que vai para um habitante da Ucrânia que lê os "power points" escritos para o Zelensky! Apostamos??

Anónimo disse...

Pois!! Acabou de ser anunciado: 3 organizações, uma russa, uma bielorussa e uma ucraniana!!!!! Os únicos três países do mundo onde há "guerras violentíssimas, com milhões de mortos"...Comparado com estas 3 guerras, o Afeganistão, Iraque, Somália, Sudão, etc, são umas guerras de brincar...pois... Ah, espera - nenhuma destas guerras tem conotações diretas com Putin...Por isso o "Comité Nobel" não se debruça sobre estas guerras... Só o Putin interessa ...Tenham dó...

Erk disse...

Quando se usa "mas ali também há tragédias humanitárias" como último argumento para defender um ditador, está tudo dito sobre a capacidade de defender um ditador.

Nuno Figueiredo disse...

power points...eheheh.

Pois é assim!

Ronaldo no banco. Tinha de ser. E se perdermos? Se perdermos? Perdemos.