sábado, dezembro 10, 2022

Isto é miserável!

 


5 comentários:

Carlos Falcão disse...

Um código do fair-play a distâncias do código do Rugby.

Anónimo disse...

Lamentável e tem/deve ser fortemente punido pela FIFA. Bem haja por destacar este momento que nunca deveria ter existido.

José disse...

Miserável é aquilo que se está a fazer à volta do Portugal x Marrocos.

Miserável é ver um polícia português a aconselhar os nossos adeptos a serem discretos e a andarem em grupo, até porque já houve problemas com marroquinos e argelinos que decidiram incomodar compatriotas nossos.

Miserável é ver a campanha da Al Jazeera a promover Marrocos como a equipa campeã de todos os africanos, de todos os árabes (são berberes, já agora) e de todos os muçulmanos.

Miserável é ver a forma como a história da "equipa muçulmana" pegou e ninguém com responsabilidade ainda se chegou à frente para pôr os pontos nos i e chamar os bois pelos nomes: equipas que "combatem" por religiões e grupos étnicos é racismo!

Tanta coisa com a história do futebol promover a união dos povos (lembremo-nos daquela patética atuação de Morgan Freeman), e, agora, andamos a levar com guerras santas no relvado? Isto depois de já terem feito os adeptos ingleses despir os trajos guerreiros porque "ofendiam os muçulmanos".

Isto, sim, é miserável. O resto são brincadeiras.

Imagine-se se alguém por cá disse-se "Vamos aos mouros, por Santiago!"

manuel campos disse...


Os jogadores da selecção argentina, individualmente ou não, portaram-se
vergonhosamente ao longo de todo o jogo.
Disso foi paradigmático o fortíssimo chuto de um deles contra a bancada de suplentes dos Países Baixos, a uma distância curtíssima e com o jogo já interrompido, o que motivou uma invasão espontânea deles e um pequeno mas raro tipo de sururu.
Por acaso não estava ninguém no sítio onde acertou, senão ter-se-ía magoado muito a sério.
Claro que há sempre quem o desculpe dizendo que ele atirou para um sítio que sabia vazio, tretas dos facciosos do costume.
Vi futebol desde os meus 6 anos acompanhando meu Pai (que foi presidente de um clube que andou sempre pela 1ª divisão, ainda que pelo meio da classificação) e eu próprio joguei durante 25 anos todas as semanas a minha jogatana, mas aquilo foi uma das cenas mais tristes " de falta de tudo" a que alguma vez assisti.
Ontem vimos situações lamentáveis mesmo em termos de futebol "tout court", os melhores jogadores de um país grande nestas andanças, de cabeça perdida, a cometerem erros infantis e faltas inúteis (o prório Messi a asneirar), profissionais pagos a peso de ouro nos seus clubes e chamados à selecção nacional não podem actuar assim, ninguém perdoaria a pessoas muito bem pagas de outras profissões se tomassem conhecimento de erros equivalentes.
Não estou com isto a dizer que os Países Baixos tenham só sofrido e nada feito de mal, mas não houve comparação possível.
Estas fotos que aqui apresenta são a cereja bem podre no cimo de um bolo muito estragado, a realidade ultrapassa a ficção, inimaginável acontecer quando o mundo inteiro tem os olhos postos naquilo.
"Fair play", o que é isso se nem o mínimo de respeito para com colegas de profissão, eventualmente no mesmo clube, sabem o que é?
Nós, europeus, bastante civilizados "après tout",conhecemos ainda muito mal estes outros mundos.

João Cabral disse...

E como se a Argentina, um colosso do futebol, precisasse destas figurinhas para sobressair. Não merecem ganhar o próximo jogo.

Nordstream 1 - Verdade 0

Reabriu a questão sobre quem colocou a carga explosiva no Nordstream 2, o segredo mais mal guardado do mundo, sobre o qual só os cegos ainda...