quinta-feira, setembro 29, 2022

Serenidade

Com os anos, aprendi que a serenidade se constrói, sempre e só, dentro de nós. Se acaso nos deixarmos afetar pelo mundo exterior, por aquilo que contra nós se move, acabaremos por fazer a “a festa dos outros”. Era só o que faltava!

4 comentários:

Flor disse...

Completamente de acordo. Só com serenidade se consegue ultrapassar certos problemas.

Anónimo disse...

isso..., porque Sua Exa. tem a "Arte da Guerra" ...

Lúcio Ferro disse...

Aquela de ter chamado javardo ao outro foi um bocado forte; bem sei que na área profissional do rapaz há javardos a torto e a direito mas, uma pessoa que eu considero inteligente, culta, moderada e que pesa as palavras, como é o caso do Senhor Embaixador, deixar-se ir em futebóis...

manuel campos disse...



Se este post tem relação com a "história" que por aí anda bastava ter escrito que "fonte que não quer ser identificada garantiu-me que o senhor X pode ser alegadamente uma besta".
É o que faz toda a gente que não tem coragem para dizer o que pensa e assim vai ganhando a vida.

Isto de dizermos o que pensamos é uma grande porra.
Meu Pai disse-me no princípio da minha carreira profissional que, sendo eu como ele, sem papas na língua, ía-me lixar de vez em quando.
Claro que foi o que aconteceu algumas vezes - e em grande - mas antes assim.

Pois é assim!

Ronaldo no banco. Tinha de ser. E se perdermos? Se perdermos? Perdemos.