sábado, 6 de julho de 2019

Neste blogue, faz hoje dez anos



“Há dias, dei por mim a perguntar-me de onde viria aquele fácies grave que quase todas as modelos assumem na "passerelle", aquele ar de zangadas com o mundo que parece ser estilo obrigatório da profissão. Porque não sorriem, quando muitas delas (e nós, por tabela) só ganhariam com isso?

E cheguei à conclusão de que, sendo Paris a capital da moda, talvez (os modelos) tenham apanhado aquele trejeito no "carão" fechado que caracteriza a grande maioria dos empregados de café e restaurantes desta cidade, os quais, em geral, levam esta forma de antipatia snob a um grau de sofisticação que quase se transformou já numa caracterização antropológica da espécie.”

3 comentários:

Anónimo disse...

Em oito anos que vivi em Paris, não muito abonado, nunca mas mesmo nunca um empregado de café ou de restaurante me servio mal encarado. Eu também nunca me dirigi a um empregado de cara fechada nem com intimidades pensando que ele ali estava apenas para satisfazer os meus caprichos porque eu pagava.Sempre dizia "je voudaris ceci ou celà".
Um dia um empregado perguntou-me: Mas já não quer? respondi se ainda houver quero sff.

Correcção: voudrais

César Ramos disse...

Seguidor mais activo há poucos anos, voltei para apreciar a sua escrita, e, de passagem, aproveito para lhe endereçar os meus parabéns pelo aniversário do seu Blog! Votos de um fim-de-semana proveitoso e feliz... Boa noite!

Portugalredecouvertes disse...

Parabéns pelo blogue do Sr. Embaixador :)
o meu também fez 9 anos !
relativamente à carinha das modelos, segundo li e ouvi dizer, e quem nestas condições teria vontade de sorrir?! é que passam muita fominha !!!