quinta-feira, maio 16, 2024

É só saúde!

É fantástica a súbita "onda de saúde" que se espalhou pelo país. Em poucos meses, não são mostradas filas nas urgências dos hospitais e os telejornais já não abrem com as tragédias no SNS. Se calhar, até as listas de espera para operações diminuiram! Tudo sem crise nem vergonha!

13 comentários:

Unknown disse...

De facto, a comunicação social já não tinha clemência com o anterior governo.

Anónimo disse...

Gostava de perceber o que é que o nosso Caro Embaixador pretende insinuar com este “post”!

João Cabral disse...

Todos sabemos qual é o estado real da saúde, senhor embaixador.

Tony disse...

O Governo já prometeu aumentar o peço a pagar por hora aos prestadores de serviço. O silêncio nos telejornais ajudaram. Mas é preciso dizer o mais importante, pelas brutais melhorias nos serviços, é, pelo facto, de existir um governo novinho, em "folha". Todo pi pi!.

Anónimo disse...

Podem até pretender esquecer o estado em que a dra Temido, cabeça da lista ao PE, deixou o SNS

arber disse...

Mas não é só a saúde que vai bem, Senhor Embaixador!
Vamos assistir também a um repentino dilúvio de dinheiro para as grandes obras públicas anunciadas, assim o afiançou o presidente da Caixa Geral de Depósitos.
Que grande azar teve o António Costa ter sido corrido antes de tão agradável anúncio!

Flor disse...

A noticia que esteve na ordem do dia foi que o Hospital Padre Américo, em Penafiel, colocou em isolamento cerca de 80 doentes devido a uma bactéria multirresistente, habitual em ambiente hospitalar.

Anónimo disse...

jose neves
A "onda de saúde" repentina sobre o país em geral é tal que o que era uma onda de desgraça e falência por megalomania faraónica do país há 16 anos se transformou, como por milagre, numa inovação e descoberta para salvação do mesmo país.

aguerreiro disse...

Vocês não entendem nada!
Foram todos para Fátima, a maioria a pé. estão em casa a recuperar, só depois é que vão tomar lugar nas bichas do SNS!

Francisco de Sousa Rodrigues disse...

Ainda falam sem se rirem da máquina de propaganda do PS.

Tony disse...

Sr. arber.

Não é verdade, nem bonito o que disse. O António Costa, não foi corrido, coisa nenhuma. Saiu, exclusivamente, pelo seu pé, após, uma intencional, sacanice, de origem, ou a pedido de terceiro. Fez ele, muito bem. E ainda bem, pois vai jorrar, leite e mel, para todos, todos, todos.

J Carvalho disse...

40 % de aumento para os médicos tarefeiros. 80 doentes em isolamento no Hospital de Penafiel. O alarido que seria se isto fosse no tempo do governo anterior. Teríamos diretos, reportagens junto aos portões do Hospital, presidentes de sindicatos e de associações a barafustar. 40% de aumento? Até o Presidente da Ordem já teria chamado os jornalistas. Até o Marcelo já teria deixado um farpa. "E os outros?".

PedroM disse...

Chego até a pensar que será desnecessário o famoso programa SOS para a saúde prometido para o inicio de Junho, que supostamente aliviará o SNS enviando os doentes para os privados, pagando o Estado o que estes desejarem, ou quase.

E o Sarmento que teima em dizer que o Medina deixou as contas numa desgraça...

Vice

Vive-se um tempo de discussão de nomes para vice-presidente dos EUA. Nesse cargo, de contornos funcionais indefinidos, houve gente muito com...