quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Manuel Cardoso Simões



96 anos é uma idade bonita para se morrer. Manuel Cardoso Simões sai agora de uma vida intensa, que dedicou à agricultura e ao desenvolvimento da região que, desde há muito, tinha adotado como sua. 

Vila Real deve-lhe muito mas, principalmente, o empenhamento na ideia daquilo que hoje é a UTAD. Ainda há meses, o professor Valente de Oliveira me falava das inúmeras vezes que o engenheiro Cardoso Simões batia à porta do seu gabinete para promover a instalação dos estudos superiores em Trás-os-Montes. Era difícil travá-lo! 

O meu amigo Manuel Cardoso Simões era um homem caloroso, sorridente, sempre cheio de ideias, um entusiasta da vida. Nos últimos anos, viamo-nos pouco, telefonávamo-nos pelos Natais. A sua voz ia esmaecendo, mas eu sentia que ele se agarrava à existência com o vigor de sempre. Até ontem.

O meu sincero pesar à sua Família.

Sem comentários: