terça-feira, 27 de agosto de 2019

Elisa Ferreira


É uma excelente notícia para o país a indicação de Elisa Ferreira para comissária europeia. Trata-se de uma figura altamente respeitada na Europa, onde, no Parlamento Europeu, teve um papel destacado no período decisivo das discussões sobre a União Bancária. A sua posterior nomeação como vice-governadora do Banco de Portugal, onde tudo indicava dever vir a suceder a Carlos Costa, no termo do mandato deste, no próximo ano, foi o corolário natural dessa ação.

Elisa Ferreira foi uma excelente ministra do Ambiente e, depois, do Planeamento, nos governos de António Guterres, onde a conheci. Professora da Universidade do Porto, com parte da sua carreira ligada à então Associação Industrial Portuense, nunca foi militante do PS mas foi uma constante “compagnon de route” dos socialistas, que sempre ganharam imenso com a sua colaboração.

Confesso ser suspeito neste avaliação da Elisa: somos bons amigos desde há muito, pelo que é também com muita alegria que partilho esta excelente escolha, que creio plenamente consensual na área política, e pela qual quero também felicitar a clarividência de António Costa. Vai fazer muito bem a Bruxelas poder contar de novo com a inteligência de uma mulher competente e ativa, que gosta da vida e sabe olhá-la sempre com um sorriso bonito e uma atitude saudável. Um abraço também ao Zé Fernando, deixando expressa uma “angústia” interesseira (esta é uma “private joke”): e agora, a “Zulmira”?

3 comentários:

Jose Martins disse...

Senhor Embaixador,
Sou seu admirador há muitos anos, mas deixa-me triste quando avalia certas criaturas que só trabalharam para eles durante suas vidas, políticas e ignoraram o país. Senhor embaixador que é um prosador excepcional, deixe essa "gangada" política e escreva, por exemplo, coisas de Trás-os-Montes e outras histórias que muito bem as sabe contar.
Seu admirador
José Martins

Francisco Seixas da Costa disse...

Caro José Martins. Mesmo se as pessoas só tivessem trabalhado “para elas” durante a vida, acho que daí não viria grande mal ao mundo. Mas não é assim. Acompanho a ação de Elisa Ferreira desde há bastante tempo e tenho grande admiração pelo seu caráter devotado à causa pública. Vi-a lutar por causas muito importantes para o país como ministra, foi uma excelente deputada do PE, com uma permanente atitude de defesa do interesses portugueses, que trouxe prestígio para o país.

aamgvieira disse...

Como diria o célebre "amigo da onça" da saudosa revista brasileira "o Cruzeiro":

"Apagar é sempre o melhor remédio" , só dá para rir......