quarta-feira, 21 de agosto de 2019

Inconsútil


Não é para aqui chamado o significado da palavra “inconsútil”. Não interessa para esta história.

Ontem, ao ler o prefácio de José Sarney (já estou a imaginar alguns: “Quem este tipo anda a ler!”) a um livro de ficção de Carlos Lacerda (“Pior! O Lacerda! O que levou o Getúlio ao suicídio!”), deparei-me com a palavra “inconsútil”. Sei o que ela significa mas, como disse, isso nada vem para o caso.

E foi então que me lembrei do que o meu velho amigo Carlos Veiga Ferreira, um heróico editor da nossa praça, um dia disse quando lhe perguntaram por que razão havia decidido dar à sua mais recente editora (porque o Carlos é reincidente) o nome de Teodolito. Aqui vai:

Havia um poeta meritório, que já morreu há muito tempo chamado António de Sousa e mostrou vários poemas ao Herberto Helder. A determinada altura, havia um verso que dizia qualquer coisa ‘noite inconsútil’ e o Herberto perguntou-lhe: O poema é giro mas António você sabe o que é ‘inconsútil’ ? E o António respondeu: ‘Não sei nem me interessa mas é uma palavra muito bonita.’ Eu sei o que é um teodolito e foi por causa disso e também remete para um texto brilhante do Luiz Pacheco que se chamava ‘O Teodolito’ ".

E, repito, o que “inconsútil” significa não vem ao caso. Quando vier, todos temos dicionários para isso.

(“Que raio de história!”, dirão alguns. É o meu conceito de serviços mínimos, como transportador estival de matérias inúteis)

3 comentários:

Anónimo disse...

Senhor embaixador, como apreciamos a sua IMARCESCÍVEL veia de cronista...

Anónimo disse...

Senhor Embaixador,

Apreciador dos seus textos, tropecei há dias no inconsútil.

E, que me lembre , era a primeira vez que nos 75 anos de vida que já levo, lia tal termo .

Não resisto a assinalar que no dia seguinte apanho com o mesmo inconsútil nas Viagens da Minha Terra(cap. XLII) do A. Garrett.

Cumprimentos

amf

Rui C. Marques disse...

Genial ,meu Caro !
Um forte abraço.