quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Novos "sítio" e blogue da Embaixada

A partir de hoje, o "Sítio" da Embaixada de Portugal passa a ter uma cara nova e um conteúdo algo diferente. Por ora, está apenas disponível em língua portuguesa mas, até ao final de Setembro, tê-lo-emos preparado em francês. Algumas outras novidades irão surgir, com o tempo.

O Blogue de atualização do "sítio", dedicado a dar conta de atividades da Embaixada e a fornecer algumas informações úteis, pode ser consultado a partir do "sítio" ou diretamente a partir daqui.

Como não temos a pretensão da infalibilidade, agradecemos que nos comuniquem eventuais erros, imprecisões ou sugestões de melhoria, através do seguinte endereço eletrónico: embaixada.portugal.paris@gmail.com.

7 comentários:

Anónimo disse...

Não temos a pretensão da infalibilidade;
Não!
Isabel Seixas

Miguel Albano disse...

Exmo. Francisco Seixas da Costa,

sendo eu um leitor assíduo e fã da sua escrita, hoje tomo a liberdade de comentar este seu artigo, pois toca-me em termos profissionais (comunicação digital).

Muito me surpreende, que em pleno ano de 2010, uma Embaixada Portuguesa tenha um endereço num domínio não estruturado e um endereço de email alojado no Google.

Como é que estas situações não estão previstas pelo MNE? Porque é que não existe um Portal das Embaixadas, que agregue os diferentes sites das embaixadas e (sonhando um pouco mais alto) disponibilize uma infra-estrutura comum a todas?

Se calhar sou eu, que já vou em 2020.

De qualquer forma, continuação de um excelente trabalho e boas escritas. Eu por cá, continuarei um leitor assíduo.

Francisco Seixas da Costa disse...

Caro Miguel Albano: Muito obrigado pelos seus comentários.
Quando à coordenação central dos "sítios" das missões diplomáticas e consulares, é assunto que, naturalmente, me ultrapassa. A prática tem sido cada um fazer por si, o que até favorece alguma diversidade e algum "benchmarking".
No tocante ao endereços informáticos, é evidente que a Embaixada e os seus funcionários têm os seus endereços
"corporativos". O blogue, porém, tem uma dinâmica muito própria e requer alguma maleabilidade de gestão, pelo que foi uma opção pessoal minha o recurso ao "gmail".
Nós somos profissionais de política externa, não somos profissionais de informática, nem temos meios para pagar a estes últimos para fazer as coisas com grande rigor formal. O nosso objetivo é, com entusiasmo, servir as pessoas o melhor possível, com os meios à nossa disposição e com a "massa crítica" existente, perdendo o mínimo de tempo possível.

Helena Oneto disse...

Enfim!!!:) Parabens!

Miguel Albano disse...

Exmo. Francisco Seixas da Costa,

obrigado pela célere resposta.

Sem dúvida que tenho muito mais interesse em ver o nosso "pessoal" diplomático entregue às funções de política externa.

Mais, a "independência" de implementação por parte das embaixadas tem claramente benefícios.

Contudo, alguma centralização e definição de guidelines globais poderia resultar numa maior consistência de comunicação que também beneficiaria todas as partes.

Mas lá está, vícios profissionais :)

Continuação de um excelente trabalho.


Miguel Albano

Anónimo disse...

Parabéns,
para além da informação relevante do ponto de vista da oferta de serviços, inclui informação pertinente sobre o País com dados estatísticos sobre a população que até nos permite fazer alguma colheita de dados sistematizada.

Ainda não consegui ler tudo com a atenção devida, mas o que li gostei e permitiu-me conhecer...Também a composição do Staff, que sinceramente desconhecia não na globalidade, mas na sua especificidade.
Isabel Seixas

josegomes.martins@gmail.com disse...

Linquei desde o primeiro dia que saiu para a praça pública!