terça-feira, 28 de janeiro de 2020

Confissão

 
Abomino gelatina. Nunca achei a menor graça àquela coisa tremelicante, de gosto duvidoso, que alguns se obstinam em servir, em certas ocasiões. O aspeto até pode ter a sua graça, mas eu não me alimento de graças.

Quando era miúdo, a minha mãe, nas festas que organizava para os meus aniversários, tinha por hábito rechear de gelatina colorida metades de laranja, retirando antes o seu interior, que imagino ia parar a sumos ou a saladas de fruta, partindo depois aos gomos essas metades. Eu nem tocava naquilo! Vivia na esperança de que os meus amigos de escola primária, convidados para aqueles lanches, se deliciassem e atulhassem com aquela coisa de cor viva, deixando-me a mim um maior usufruto das sandwiches, das bolachas, dos pudins, dos bolos, dos chocolates e de outras coisas verdadeiramente sérias.

Sei lá bem porquê, precisamente na data que é a de hoje, senti uma forte vontade de comer uns gomos de gelatina colorida em casca de laranja, como aqueles que a minha mãe preparava nesses dias que então eram de festa. Às tantas, isto deve ser da idade!

9 comentários:

Maria disse...

Muitos parabens. Nao sugiro que coma 1 gelatina pir cada ano dos que hoje conta mas...confedso que gosto muito do manjar e tambem fazia para os meus filhos e para mim.Um deleite. De repente voltou outra modernice com muito sucesso: vodka gelatina, com laranja e claro. Prefiro um simples "sctewdriver" bem gelado

CHEERS
Saudades
F. Crabtree

AV disse...

Parabéns!

Maria Isabel disse...

Parabéns Senhor Embaixador
Um dia muito alegre e muitas felicidades.
E já agora tente provar um bocadinho de gelatina.Eu também não gosto.
Maria Isabel

Luís Lavoura disse...

Pois olhe que comer gelatina far-lhe-ia muito bem, Francisco.
A gelatina é muito saciante, isto é, tapa a fome, permitindo que as pessoas comam menos e percam uns quilinhos.

CCF disse...

Deve ser mesmo, sem querer voltamos aos sabores da infância. Também não gosto de gelatina e fiquei ainda a destestá-la mais por a ter comido por obrigação um longo período.
~CC~

Anónimo disse...

É bom fazer anos...
Muitos parabéns!

Cardeal disse...

Muitos votos de que, ainda que esporadicamente, continue por muitos anos a satisfazer alguns caprichos da infância e Continue por muitos anos a satisfazer-nos com as suas “notas pouco diárias”. parabéns sr. Embaixador.

Anónimo disse...

Dizem que a gelatina, faz fortalecer o cabelo, mas o Sr. Embaixador, nessa matéria, vê-se bem que não precisa. Quanto à sua nostalgia de infância, todos temos disso, e não tem a ver com a idade. Eu, quando me sinto um pouco nostálgico, penso para mim, "ai quem me dera, estar no colo da minha mãezinha e a comer pão com doce".

Francisco de Sousa Rodrigues disse...

Muitos Parabéns, Senhor Embaixador!

Um abraço.