terça-feira, 21 de setembro de 2021

O que dou

Há pouco, num encontro casual na Estufa Fria, dei um abraço, muito sincero, ao meu amigo Carlos Moedas, um homem de bem, que foi um excelente comissário europeu.

No domingo, nas eleições, vou dar o meu voto, também muito sincero e com todo o empenho cívico, ao meu amigo e correligionário (gosto imenso da palavra) Fernando Medina, que tem sido e vai continuar a ser um excelente presidente do município de Lisboa.

Cada um dá o que quer e a quem quiser.