terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Nós e a Espanha

Ferreira Fernandes definiu no DN, com sábia simplicidade, a glória de ser português: “De cá é a moça que diz ao pai alentejano: ‘Vou casar’. E depois os dois falam, falam, do trabalho do noivo, se é bom rapaz... E a conversa acaba sem que venha à baila o rapaz ser transmontano”.

4 comentários:

Anónimo disse...

Esquece-se que tudo isso, todo o elogio da união portuguesa serve para contestar o direito dos catalães se separarem da manta de retalhos que é a Espanha. O FF suja-se cada vez que escreve a elogiar a Espanha e a menorizar a Catalunha. É indigna a forma como ele toma partido pelo nosso inimigo histórico para, depois, dar cambalhotas destas. Uma vergonha!

Anónimo disse...

Notícia de Espanha e outros:
- Tabarnia deseja um feliz 1962;
- Puigdemont deverá continuar a viver numa vila de 850.000 euros às portas de Bruxelas;
- O inenarrável Elio di Ruppo irá continuar a usar um laço ( há jurisprudência nas Necessidades a este respeito);
- Em Portugal não parece haver consenso quanto à criação de uma Comissão de Extinção do PSD;
- O Quai d'Orsay adquire dois gatos no âmbito do seu programa de erradicação dos ratos do Sena;
- Surge une benchmarking entre Gayet e a nova primeira dama;
- Itália prepara-se para o pior que nem sequer será a ressurreição de Berlusconi...
- A Suiça promoverá em 2018 referendo sobre a UE.

Anónimo disse...

Nos e a Espanha, versao mais interessante

http://www.realinstitutoelcano.org/wps/portal/rielcano_es/contenido?WCM_GLOBAL_CONTEXT=/elcano/elcano_es/zonas_es/terrorismo+internacional/ari98-2017-garciacalvo-relaciones-espana-portugal-lucha-contra-terrorismo+global-prevencion-radicalizacion-violenta

aamgvieira disse...

Uma versão da actual burla dos partidos em Portugal:

https://eco.pt/xDHen

Alexandre Vieira