quarta-feira, 10 de fevereiro de 2021

RTP

Não deve haver órgão de comunicação cujas “bad news” sejam tão “saudadas” pelos seus “camaradas” de “métier“ como a RTP. A bisbilhotice sobre a vida da empresa tem mesmo os seus “especialistas“ quase diários, acolitados por compacentes “correspondentes”, que lhes alimentam o fel da má língua.

Sem comentários: