quarta-feira, 24 de fevereiro de 2021

Deputados

É sintomática do baixo nível a que isto chegou a linguagem que se vê usada por deputados, nas redes sociais, para criticarem colegas seus de outros partidos, bem como figuras do governo ou responsáveis da oposição. Nem sequer um mínimo de camaradagem política é respeitado.

4 comentários:

Luís Lavoura disse...

As redes sociais (que eu não frequento, só as conheço pelo que leio que lá aparece) são uma porcalhice do pior. Qualquer político, de qualquer quadrante político, faria bem em abster-se de escrever nelas fosse o que fosse. O silêncio é de ouro.

Francisco Seixas da Costa disse...

Não frequenta as redes sociais?! Então este blogue o que é que é, senão uma rede social?

Margarida Palma disse...

Por estas e por outras, e antes que destruam o Padrão dos Descobrimentos, ou mesmo o Mosteiro dos Jerónimos, ainda que sem círculos uninominais, talvez devessem os Partidos esclarecer os eleitores sobre os candidatos das suas listas, talvez devêssemos todos nós procurar saber quem são afinal os "entes" em quem vamos votar, que vida tiveram, que coisas disseram, que obra construíram, que esperança representam, enfim essas trivialidades que seriam tão úteis na hora de votar, porque ao fim e ao cabo não são apenas os líderes dos Partidos que recolhem os nossos votos.
É triste, mas não me parece que se esteja a ir por bom caminho.

Obrigada, mais uma vez, pelo seu blog e que o leão prossiga confirmando a sua raça.
Margarida Palma

Pedro Sousa Ribeiro disse...

Muitos dos nossos deputados são carentes de cultura e de responsabilidade pelas suas afirmações orais ou escritas. E como os não conhecemos nem sabemos de onde vêm, não lhes podemos pedir responsabilidades. São escolhidos pelas direções partidárias muitas vezes sem currículo que o justifique.