segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Poluição visual

Deveria começar a contar hoje o período (digamos, de uma semana) para a retirada completa da propaganda eleitoral, findo o qual passaria automaticamente a haver uma multa diária, deduzida da subvenção pública que o Estado dá aos partidos. 

Porém, o conluio existente entre todas as forças políticas, que conduz à paisagem terceiro-mundista de cartazes a apodrecerem e a degradarem o cenário quotidiano, parece impedir que se legisle e regulamente sobre isto. É que são juízes em causa própria.

1 comentário:

Anónimo disse...

Não há memória de alguma vez cumprirem, nem de notícias sobre as coimas... Hoje, dia 6 de Outubro, tudo na mesma, sem excepção.
Nos anos oitenta, em Madrid, para colocarem a propaganda tinham que fazer um depósito, muito caro, na Câmara. Se não levantassem a propaganda, o depósito revertia para a Câmara e o argumento, bem simpático, era que e
sta teria que pagar trabalho extra para a dita limpeza...