domingo, agosto 15, 2021

Soldados


Hoje é o dia certo para homenagear o sargento comando Paulo Roma Pereira e o soldado pára-quedista Sérgio Pedrosa, que deixaram a sua vida no Afeganistão.

3 comentários:

Joaquim de Freitas disse...

Vitimas do "seguidismo" da diplomacia portuguesa e do espirito de "matilha" da NATO, que ao grito de ataque do chefe se lança sobre uma presa, qualquer que ela seja, e onde se encontre, com a qual estes bravos lusitanos não tinham nenhum contencioso. Se tinham filhos, talvez um dia os seus descendentes nem saberao onde se encontra o Afganistao...

aguerreiro disse...

Pelo visto inutilmente, sim mas que raio é que Portugal tem ou tinha com o Afeganistão para mandar pra lá a tropa, aquilo nem sequer foi colónia nossa. e depois criticamos a guerra colonial, salvaguardando as devidas proporções. E para que raio temos tropa no Chade , no Mali e no Burkina Faso?

Jaime Santos disse...

Porque, aguerreiro, temos, mal ou bem, compromissos com os nossos aliados ou com as organizações internacionais a que pertencemos. Que me lembre, Portugal é um País de Palavra, mesmo se outros não o são tanto...

Cabeças no ar

O exercício da diplomacia, em postos de elevada tensão, em países em conflito armado, necessita de escapes que permitam aligeirar os dias, p...