domingo, 20 de maio de 2018

O Sporting é isto?

Nas últimas semanas, tenho ouvido e lido vários adeptos do (meu) Sporting afirmarem, com esforçada convicção que “o Sporting não é isto!”.

Com isso, essas pessoas querem afirmar que uma instituição centenária e com um historial como o do Sporting é algo de muito distinto de um clube que hoje é formalmente tutelado por um evidente perturbado mental que apoia a sua alegada “liderança” num bando de arruaceiros e energúmenos, oriundos de uma claque que, tal como ocorreu noutro tempo no Reino Unido, deveria ser de imediato interditada por decisão judicial.

Voltamos à questão: o Sporting é isto? Na realidade, goste-se ou não, o Sporting, infelizmente, será hoje isto se os seus associados não forem capazes de afastar e substituir de imediato o bando que, com a cumplicidade do seu voto, o tomou de assalto. Tão simples como isto!

Como adepto, deixo uma saudação grata a Jorge Jesus e aos jogadores. Compreendo perfeitamente a impossibilidade de um melhor resultado no ambiente miserável que a direção do clube lhes proporcionou.

8 comentários:

Anónimo disse...

O sporting é Álvaro Sobrinho, Miguel Relvas. Paulo Portas, não sei quê Ricciardi, não sei quê Pires de Lima, Santana Lopes, esse Bruno de Carvalho e mais a Juve Leo? É isso o sporting, o outro, que o Senhor Embaixador tem na cabeça ?
Pode ser que aquilo estoure, pode ser que desta vez alguma coisa saudável aconteça no futebol português...
Mas, no Jamor, quem devia ter estado era o tal Bruno de Carvalho e não o Presidente da República e não o Primeiro Ministro de Portugal. Tanto lodo é de mais...

Anónimo disse...

Se o Sporting tivesse ganhado, os jogadores eram os heróis porque com o seu profissionalismo tinham dado uma bofetada de luva branca no presidente "maluco" Bruno de Carvalho.
Como perderam, continuam a ser heróis porque de tão maltratados, não conseguiram ultrapassar coitadinhos todas as patifarias do presidente "maluco"Bruno de Carvalho !
Tenha dó Sr. Embaixador. Vamos ver com toda esta brincadeira (de sequer não treinarem durante a semana) quantos jogadores irão sair de borla para os bolsos dos Srs seus empresários, jornalistas, e donos da alguma comunicação social. Vamos esperar sentados e depois falamos!

Luís Lavoura disse...

apoia a sua alegada “liderança” num bando de arruaceiros e energúmenos, oriundos de uma claque

Esta é uma acusação potencialmente grave, e duvido que o Francisco disponha de provas para ela.

Não se deve fazer, de forma tão clara, acusações deste teor, a menos que se disponha de provas delas.

Luís Lavoura disse...

se os seus associados não forem capazes de afastar e substituir de imediato o bando

"De imediato" é impossível. É preciso, creio eu, marcar uma assembleia-geral e, até ela, permitir tempo para que se apresentem candidaturas e para que elas façam as suas contas e realizem as suas campanhas eleitorais.

Nesse entretanto, o Sporting vai à falência. Creio que, no estado em que está, está fora de causa lançar uma nova operação obrigacionista. E, sem tal operação, o Sporting não tem dinheiro para se manter em funcionamento. Creio eu (que não tenho acesso à caixa do Sporting).

Reaça disse...

? Qual é a equipa que daqui para a frente consegue enfrentar aquelas bancadas de selvagens, que não têm nada a ver com um clube com a tradição histórica de um sporting que sempre foi grande , quer ganhasse ou perdesse?

O Sporting sempre foi o maior, o mais digno e exemplo para todos os clubes do país.

Este Sporting actual, criou uma mentalidade "Abrilista".

Lembram-se de o velho Presidente viver escondido em 1974, viver um período escondido para não ir parar a Caxias por "fascista"?

Até hoje, o Sporting nunca mais acertou o passo.

A Nossa Travessa disse...

Meu caro Franciscamigo

Só faltava perder a Taça para completar a semana horribilis a que conseguimos sobreviver - e isso infelizmente aconteceu. E às perguntas, alias insidiosas e provocatórias do anónimo das 23H41 de ontem (continuo a detestar, para não dizer odiar "anónimos" que se escondem por trás da sua cobardia!...) respondo que o meu Sporting é o meu. Talvez o amigo Banana não dissesse melhor, mas, pelo menos eu digo e assino. E não citei o monsieur de La Palice porque não sou culto e muito menos erudito.

Por isso e uma vez mais, meu querido Francisco, concordo contigo. Este clube que habita no nosso coração não é o mesmo que um bando de criminosos "inspirados" pelos insultos soezes bolsados quotidianamente por um tal Bruto, oops, com n, de Carvalho diz ser o deles! Não, nunca, jamais!

Depois de uma semana amicíssima esta começou com fel... Vamos ver o que vai dar o período mais negro da vida centenária do nosso Sporting Clube que é de Portugal.

Um abração do teu amigo e admirador
Henrique, o Leãozão

Anónimo disse...

Se os jogadores quizerem ir embora( como perdedores que são, e pouca atitudes e compromisso), pois que vão, mas que quem os levar deixe o dinheiro no clube. Apenas me faz pena ver sair atletas vencedores, tipo andebol, voleibol, ténis mesa, atletismo, Natação etc etc, esses sim são comprometidos com o clube. Quanto ao resto pelos nomes de queques que ai se vão ouvindo, então o Sporting vai voltar a ser 7º como no tempo do FGodinho Lopes, vai deixar de ter modalidades vencedoras e passa a ter uma média de vinte mil nas bancadas, mas tem sportinguistas que querem novamente esse Sporting, eu não quero.

Anónimo disse...

Foi tal a corrente noticiosa a respeito do "terrorismo" sobre os jogadores e treinadores do Sporting, a derrota na Taça, que apagaram praticamente as notícias sobre os escândalos Pinho e Sócrates.

Foram também esquecidas (e bem..para a geringonça) as notícias da incompetência da preparação do combate aos fogos e da situação económica que tende a regredir, devido ao preço do petróleo e ao aumento dos juros da nossa dívida.....