quarta-feira, novembro 30, 2022

A política externa



Estive hoje em Évora a falar sobre a política externa portuguesa. Num mano-a-mano com Filipe Domingues, notei algumas linhas de evolução - constantes e mudanças - da nossa ação externa, os pontos fortes e as fragilidades de um país que tem conseguido aproveitar as oportunidades para a sua afirmação internacional, partindo das vertentes tradicionais, ditadas pelas determinantes da geopolítica, até chegar a iniciativas que alguma ousadia por vezes converteu em êxitos. Uma audiência atenta e participativa fez-nos ganhar a manhã. Um abraço grato aos nossos anfitriões, os alunos de Relações Internacionais da Universidade de Évora.

2 comentários:

Luís Lavoura disse...

a política externa portuguesa

Infelizmente, ela encontra-se em boa parte sob a alçada da política externa da União Europeia, a qual por sua vez se encontra em boa parte sob a alçada da política externa dos Estados Unidos.

Luís Lavoura disse...

um país que tem conseguido aproveitar as oportunidades para a sua afirmação internacional

Se se considerar como "afirmação internacional" o colocar personalidades em lugares de relevo, como secretário-geral das Nações Unidas ou presidente da Comissão Europeia, sim.

Nordstream 1 - Verdade 0

Reabriu a questão sobre quem colocou a carga explosiva no Nordstream 2, o segredo mais mal guardado do mundo, sobre o qual só os cegos ainda...