quarta-feira, 7 de julho de 2021

RTP


Em 2 de junho passado, publiquei aqui isto:

"Completei agora mais de três anos ao serviço do Conselho Geral Independente (CGI) da RTP. 

Foi um período muito intenso em que, com algum sacrifício da minha vida pessoal e profissional, e sem qualquer contrapartida financeira, procurei contribuir, de melhor forma que pude e soube, para a ação de um órgão da RTP que tem trabalhado, de forma discreta mas muito eficaz, pela estabilidade e progressiva melhoria da empresa. 

Há já um ano, eu havia anunciado aos meus colegas a minha intenção de sair das funções que ocupava no CGI, em virtude do tempo que isso retirava a outros compromissos e obrigações que entretanto tinha criado. 

Acedi, contudo, a ficar até ao termo da escolha da nova administração e da avaliação do novo contrato de concessão, tarefas que agora foram concluídas. Sinto-me satisfeito por ter podido dar o meu contributo ao CGI para completar esses objetivos.

A RTP faz parte da vida de todos os portugueses e, por isso, também da minha. Conhecê-la melhor e ter tido ocasião de servi-la foi um privilégio que não esquecerei."

Foi agora anunciado que serei substituído pela escritora Ana Margarida Carvalho, a quem desejo as maiores felicidades no exercício que agora vai iniciar.

Sem comentários: