segunda-feira, 11 de maio de 2009

Voto


Este blogue, por razões que eu julgava óbvias mas que, pelos vistos, não o são assim tanto para alguns dos seus leitores, tem por opção própria não tratar de questões de política interna portuguesa contemporânea.

Porém, porque estamos num ano em que haverá várias eleições em Portugal, que alguns dos nossos leitores de França têm natural interesse em seguir, recomendo o blogue Margens de Erro, um excelente e muito equilibrado repositório analítico das várias sondagens que vão sendo produzidas no nosso país.

3 comentários:

samatra disse...

Mas não temos que integrar bandidos sejam eles donde forem. Aliás conheço bem o Bairro e a maioria dos desacatos são de portugueses não sei se de origem x ou y mas nacionais e mais que pobres são sobretudo marginais. Desculpe o cru das palavras mas antes de mais deviam ir morar com esta gente para opinarem depois.

Anónimo disse...

Nunca foi possível criar uma atmosfera ambiental na disparidade geográfica dos portugueses do exterior que os sensibilizasse a todos, no mesmo tempo mas não no mesmo espaço, da necessidade do acto eleitoral. Será esta uma das grandes razões de tão elevada abstenção em cada acto eleitoral para o qual são chamados a participar. Já para as eleições autárquicas Francesas, as razões da abstenção dos portugueses serão outras e é preciso conhecê-las para encontrar solução...
José Barros.

Anónimo disse...

Acho perfeitamente logica essa posiçao, nem que seja pelo facto de se tratar de um blog que tem o Embaixador português em França, pour autor.

Nada a acrescentar. Logico.

Mario