domingo, 16 de dezembro de 2018

Coisas do tempo

Há dias em que percebemos como o tempo passa: dei-me conta de que ainda sou do tempo em que Daniel Ortega lutava pela liberdade na Nicarágua. 

Agora, é a Nicarágua que luta para se libertar dele.

1 comentário:

Anónimo disse...

Aí tem a prova, mais que provada, de que o poder corrompe, e a limitação de mandatos é essencial á democracia.