terça-feira, 15 de junho de 2021

Portugal é isto!

Gosto de ver uma seleção portuguesa com muita gente de cor, o que só acontece por alguém ter feito, no passado, as viagens que ajudaram a sermos o que hoje coletivamente somos. Nos dias que correm, não é politicamente correto dizer isto, nestes termos? “Je m’en fous”, como se diz em bom português!

9 comentários:

sts disse...

Da mesma maneira que gostei em 1966 ver pretos na equipa de Portugal.Nada muda.

José disse...

Quem também s'en fous é o tipo que pôs toda a comitiva nacional a cantar

"(...) ouve-se a voz dos teus egrégios avós que HÃO de guiar-te (...)"

Um país que ao nível da mais alta representação desportiva nem acerta no hino...

Luís Lavoura disse...

O médico que hoje me fez uma ecografia é negro.

Luís Lavoura disse...

Portugal é o país que teve o desplante de pela primeira vez pôr um negro a representá-lo, como cantor, num festival da Eurovisão. Parece que todos os outros países europeus ficaram parvos - como era possível que um país europeu tivesse um cantor negro, de facto africano, a representá-lo?

Luís Lavoura disse...

A grande diferença, de facto, é que na seleção portuguesa 10% dos jogadores são negros - mais ou menos a mesma proporção que na população portuguesa em geral. Enquanto que na seleção francesa a percentagem de jogadores negros e árabes é muito superior à da população francesa em geral. Tal como na seleção americana de basquetebol a percentagem de negros é anormalmente elevada. Isso denota um racismo sistémico nesses países, nos quais um negro só se consegue elevar socialmente através do desporto.

maitemachado59 disse...

luis lavoura:

o seu comentario da a entender que Portugal nao e racista.

Vamos la, vamos la, pergunte a um negro nas obras...

maitemachado59

septuagenário disse...

Já noutros tempos o Desportivo de Lourenço Marques foi campeáo europeu de Hoquei patins.

Retornado

Luís Lavoura disse...

maitemachado59

o seu comentario da a entender que Portugal nao e racista.

O meu comentário apenas descreve factos. Não dá a entender absolutamente nada.

AV disse...

A sistemática falta de representação proporcional de pessoas pertencentes a certas etnias é que é uma manifestação de racismo estrutural na sociedade portuguesa. Portugal também é isso.