sábado, 1 de agosto de 2020

Europa explicada


Vale a pena ler o artigo de Fernando Neves, no “Público”, onde se explica, com clareza, a questão dos dinheiros europeus.

1 comentário:

Anónimo disse...

pois, se ninguém lhes mostra o contraditório, esses países do norte pensam sempre que são mais inteligentes do que os outros
quando o que terão, será mais vantagens do que os demais?

Agora se é verdade o que vários jornais publicam,
https://expresso.pt/economia/2019-10-24-Portugal-e-o-terceiro-pais-da-UE-com-mais-riqueza-em-paraisos-fiscais-indica-estudo-da-Comissao-Europeia
https://www.jornaldenegocios.pt/economia/impostos/detalhe/portugal-e-o-terceiro-pais-da-ue-com-mais-riqueza-em-offshores
https://www.esquerda.net/artigo/portugal-no-top-3-dos-paises-da-ue-que-mais-dinheiro-desvia-para-offshores/64012

talvez não fosse má ideia organizar um gabinete alargado da Policia Judiciária portuguesa que fizesse o acompanhamento desse dinheiro que dizem que vai chegar da UE,
com inspetores/informáticos/contabilistas, a contarem/controlarem os valores desde a sua origem no banco emissor, até à entrega do pagamento local das empreitadas!