segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Vida a sério

Começou a vê-lo, à distância, lá na praia. À medida que se aproximavam, os sorrisos foram-se abrindo. Conhecia-o, claro. Mas de onde? E como diabo é que o homem se chamava? E o que é que fazia?

O outro tinha melhor memória: “Então, meu caro?! Que gosto em ver-te! Já te reformaste? Deixaste a vida das embaixadas?”

O interpelado lá deu nota do que já não fazia. Mas continuava a não se lembrar minimamente quem era o seu efusivo “amigo”, onde se tinham conhecido, o que é que ele fazia. Ainda teve esperança de que a conversa trouxesse alguma referência que pudesse ajudar a perceber quem era. Mas nada! A medo, medindo cuidadosamente as palavras, até para retribuir a atenção personalizada de que estava a ser alvo, perguntou: “E tu, o que é que, nos últimos tempos, tens vindo a fazer na vida?”

A cara e o sorriso do outro fecharam-se um pouco: “Ora essa! Estou no governo, como sabes! Sou secretário de Estado”.

Há, de facto, dias infelizes! Não querendo dar a impressão de que desconhecia a importante ocupação governativa que o seu “amigo” se atribuía, saiu-lhe então esta “pérola”, o que acabou por ser “pior a emenda do que o soneto”: “Eu sei! Eu sei! Não é isso! Eu estava a referir-me a vida a sério, trabalho, etc...”

Posso garantir que isto não se passou comigo.

11 comentários:

Anónimo disse...

Deixou no seu facebook uma entrevista de JMFelix Ribeiro

https://www.publico.pt/2010/08/05/jornal/a-europa-vai-ser-comprada-pela-china-e-pelos-principes-arabes-19962145

deixo outra aqui

http://anabelamotaribeiro.pt/jose-manuel-felix-ribeiro-148582

Luís Lavoura disse...

Hmmm... e a vida nas embaixadas, é trabalho? Trabalha-se lá mais do que numa secretaria de Estado? Hmmm...

Anónimo disse...

Por falar em trabalho a sério: quem é o energúmeno incompetente que permite que o Primeiro Ministro de Portugal se sente junto a uma bandeira portuguesa posta de pernas para o ar numa visita de Estado???!!! COMO É QUE SE PERMITE UMA COISA DESTAS???!!!

Ninguém vê isto? Nem embaixador, nem primeiro ministro, nem acessores, ninguém?!

https://www.dn.pt/portugal/interior/governo-sem-medo-que-estabilizacao-politica-da-tunisia-afete-turismo-portugues-8932460.html

Anónimo disse...

É verdade. Também já vi a fotografia. É miserável, mesmo.
Vá lá que não é com o Cavaco.

Anónimo disse...

Mais uma: outro sítio, outro ambiente também na Tunísia, com o PM junto de uma bandeira portuguesa de pernas para o ar. NINGUÉM ligou!

https://www.publico.pt/2017/11/21/politica/noticia/costa-avisa-que-e-impossivel-refazer-a-historia-e-recuperar-carreiras-antes-congeladas-1793359?page=/&pos=1&b=stories_cover__important_c#

Anónimo disse...

"O Partido Socialista quis alimentar o equívoco de como o tempo de congelamento das progressões seria contado para futuro, apenas para não ter de clarificar que foi o próprio Governo socialista em 2010 que determinou no Orçamento do Estado que esse tempo não contaria para futuro, quando as progressões fossem retomadas."

Citação de Passos Coelho

O "diabo" que veste "PRAVDA"

Anónimo disse...

O anonimo das 16:18 podeia-se lembrar de quando Cavaco a içou de pernas para o ar... no dia 5 de Outubro...

Mas bom com tanto nacionalismo de pacotilha mais vale dizer viva a carbonaria...

PSICANALISTA disse...


Luís Lavoura,isso não era para se dizer!!!

Anónimo disse...

Como não podia deixar de ser, tinha de aparecer o irresponsável adepto do "whataboutism" (como lhe chamava FSC há uns tempos). O Cavaco? É verdade, enganou-se. E quem é que está ao lado dele, sorridente, a ajudá-lo? O Costa!!!

Olha a imagem:
https://blasfemias.files.wordpress.com/2012/10/ng2152166.jpg

Anónimo disse...


Ai ai!!!

Aqui já há comentadores que clamam pela Carbonária.
Wow! Parece que isto ainda lá vai.

Anónimo disse...

"Wow" porque "Uau" parecia simplório e saloio, claro...