domingo, 10 de junho de 2018

A boa ação

O casal jovem estudava, com o cuidado de quem ponderava seriamente comprar, uma biografia de Karl Marx, com uma capa “warholiana”, de um autor que eu não conhecia. Estávamos na banca da Antígona, na Feira do Livro, ontem à noite. Enquanto o companheiro lia atentamente o índice, ela foi mirando a bancada. De repente, pegou no “O direito à preguiça” e disse para ele, sorrindo: “Este deve ser divertido!”. Resisti a comentar que aquele não era um livro propriamente “divertido”, mas disse: “O autor desse foi genro do biografado naquele”, apontando para o livro que ele tinha nas mãos. Ambos olharam para mim, surpreendidos. “Do Marx?”, perguntou ela. Eu confirmei e fiquei com a sensação de que os meus cabelos brancos podem ter credibilizado o comentário. Podia ter acrescentado que Paul Lafargue, o autor do interessante “O direito à preguiça”, acompanhado de Laura, filha de Marx, andou cá por Portugal uns dias, em proselitismo revolucionário, nos idos de 70 do século XIX. Mas não disse mais nada. Julgo ter ajudado a vender mais um livro da editora. Fiz a minha boa ação da noite.

4 comentários:

Anónimo disse...

até me apetece cantar aquele fado "samaritano"...

Anónimo disse...

Caro embaixador

imagino que uns tipos que andam por ai ligeiramente verdes e azedos o tenham andado a chatear no twitter ou coisa assim (aquele que até é de esquerda mas que mais parece um neonazi estava ontem com um qualquer desequilibro... ou talvez não, sei la (ontem anteontem e afins)).

Se pudesse pelo menos plantar alguns dos seus posts aqui para que os consiga ler agradecia.

cmpts

Francisco Seixas da Costa disse...

O Twitter é uma coisa, o Facebook é outra, este blogue outra ainda. Às vezes, cruzam-se. Divirto-me nos três espaços (se não me divertisse, não os frequentava, não era?). No Twitter tem sido magnífico, com uns trolls de estimação, que me adjetivam obsessivamente. Não lhe ligo peva, mas dou-lhe alimento à diarreia verbal. Repito: divertidíssimo. Mas lá, claro!

Anónimo disse...

os seus tweets estao protegidos portanto nao se podem ler por quem nao esteja inscrito..