terça-feira, 26 de junho de 2018

“Vizinha” Espanha?



De início, o atraso no voo TAP para Madrid era de 5 minutos! Que perfeição! Chegado ao aeroporto, percebi que as coisas não iam ser bem assim. Quando a porta foi anunciada, já havia mais 25 minutos “à marca” (como na linguagem do bilhar). Era a porta 16. Fui andando para lá. Lia eu a net quando vi no quadro (e recebi um SMS): o embarque tinha passado para a porta 26, bem mais longe. Ainda havia muito tempo. E lá fui eu. Encontrei um amigo que ia na mesma jornada e começámos a conversar. A certa altura, um de nós olhou para o quadro e viu que o embarque passou para a porta 13. Precisamente outra ponta do longo corredor. Lá teria que ser! Andámos um bom bocado e chegámos. Sentámo-nos. Anunciado um novo atraso. Afinal já ia numa hora e dez. Conversámos e, num certo momento, outro SMS: o embarque era de novo na porta 26, repito, no outro extremo do aeroporto. E lá fomos. E lá embarcámos. Tinha saído de casa às 11.30, chegado ao aeroporto de Lisboa às 12.00, partido às 14.45. Cheguei ao meu hotel em Madrid às 18.30. De porta a porta, sete horas*! O voo Lisboa-Madrid demora 50 minutos!

(*Na realidade, seis, porquanto há a diferença horária)

5 comentários:

Anónimo disse...

Desde há mais de um ano que os voos da TAP em que andei não chegam a horas - e foram mais de quarenta. Ainda hoje, de Bruxelas para Lisboa, o atraso foi de 25 minutos, o que é um record para a TAP. E os comandantes já não pedem desculpa pelo sucedido. Uma vergonha.

Um abraço

JPGarcia

Anónimo disse...

de comboio não seria mais rápido e confortável?

Manuel disse...

Mais valia ir de carro e aproveitar para almoçar pelo caminho.

Luís Lavoura disse...

Mais valia ter ido de comboio-hotel noturno. Assim como assim, perdendo um dia inteiro para a viagem de avião, teve que passar uma noite no hotel em Madrid, pelo que, mais valia tê-la passado no comboio. Se calhar...

Carlos Simões disse...

Excelente TAP!