terça-feira, 3 de novembro de 2015

Aos bonés?

No intervalo do trabalho num país onde, depois de recentes eleições, não há um único deputado de esquerda no parlamento (imagino que em Portugal alguns desejassem este "dream scenario"), leio na nossa imprensa que o governo está a "ler" o programa do PS, com vista a poder integrar algumas ideias na proposta que vai submeter à Assembleia da República. 

Se a ideia, em si mesma, "nesta fase do campeonato", é um tanto bizarra, mais estranho, em termos de comunicação, foi o propositado "leak" feito pelo pelo governo. 

Será que pensam que isso será "bem visto" por alguém? Virá na linha da tardia operação de sedução (de quem?) que constituiu a criação do Ministério da Cultura & ofícios (não muito) correlativos? 

Sem qualquer ironia, começa a parecer sensato concordar com a Marques Mendes quando afirmou que o partido PSD/CDS anda "aos bonés".

9 comentários:

patricio branco disse...

se o mm disse isso, não o ouvi, até lhe acho graça

Aquiles disse...

Na eventualidade de o actual governo apresentar um programa diferente - plagiado do programa eleitoral do PS - não será uma tremenda fraude?
Um minimo de coerencia, recomenda-se!

aamgvieira disse...

Outros andam a ver se existe mel no pote....

aamgvieira disse...

Os polacos viveram na pele os horrores nazistas e comunistas....

Manuel do Edmundo-Filho disse...

Caro aamgvieira,

Quem foi ao pote foi o seu amigo Passos Coelho... Terá deixado algum mel? Dívida pública,essa deixou, e maior do que a encontrou.

La Mère Supérieure disse...

é triste ver o inconformismo dos PerdedoreS, acham até pelo em ovo.

opjj disse...

Dr. Seixas da Costa, não será tb avisado que conheçamos ambos os programas! Porquê só o seu interesse por um dos lados! Mais, se um está a alterar e em força, não vejo o porquê do outro não poder fazê-lo.É tudo uma questão de coerência.
Cumps.

Francisco Seixas da Costa disse...

Caro opjj: vamos apreciar o programa do governo empossado. Quando for a vez do outro, faremos o mesmo. Calma! Qual é a pressa?

septuagenário disse...

Está tudo numa ansiedade enorme, pelo menos quase todos mais a carinha larocas da Catarina.

É que chega a parecer que ela está com cara de 1ª ministra.