quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Guiné-Bissau

Há dias, falei por aqui do insuperável tropismo do "colono" de "mandar bitaites" sobre a vida política interna das antigas colónias. Contrariamente ao que alguns pensaram, não me estava a referir a Angola, tendo precisamente em mente a Guiné-Bissau, cuja crise política estava já iminente. Nas horas que se seguirão, vamos ter oportunidade de observar esse vício em todo o seu esplendor.

11 comentários:

Anónimo disse...

Preocupe-se mais é em observar a Guiné em todo o seu estertor...

Francisco Seixas da Costa disse...

Eu não dizia? Bastou esperar pelo primeiro comentário...

Jose Martins disse...

Senhor Embaixador,
Para já José Ramos Horta deu o lamiré.
País sem conserto!
Saudações de Banguecoque

Anónimo disse...

Deixemos a Guiné-Bissau de lado. É um país soberano, de gente simpática e nesse sentido a soluçao dos seus problemas terá de sair de dentro do país e não vinda de Lisboa.
Passemos a outro assunto: a entrevista de António Costa à Visão, hoje e da ideia de vir a criar um novo ministério, o dos Assuntos Europeus, seguramente em ligação estreita com o MNE, mas totalmente autónomo. Perfil do eventual titular? FSC. O MNE, nesse caso, talvez viesse a ter de transferir a sua Direcção Geral dos Assuntos Europeus para esse "novel" ministério. Nada de transcendente, faria sentido. E a localização Na Cova da Moura? Provavelmente. E assim se evitariam custos e despesas extras.
a) um diplomata

Anónimo disse...

Esperou mal, que é como dizer que lê nos outros o que mais lhe convém.

Anónimo disse...

Sr. Embaixador,

Como escrevemos no anterior post a que se referiu, a atenção é de louvar. Sabemos bem que está atento, não é o único.

O individuo que assinou como diplomata só pode estar a brincar.

Anónimo disse...

O "indivíduo" que assinou Diplomata não estava a brincar. Nem no que disse sobre a Guiné-Bissau, nem sobre o tal putativo Ministério dos Assuntos Europeus. E FSC seria, sem a menor duvida, um excelente Ministro, para o tutelar. Ponto!

Francisco Seixas da Costa disse...

Ó meus senhores! Deixem-me gozar a minha reforma em paz, está bem?

Anónimo disse...

Parem de dar bitaites sobre os PALOP e dediquem-se àquilo que vos compete: dar bitaites sobre os presidentes dos EUA, a guerra no Afeganistão, as eleições em Espanha, o conflito na Ucrânia, a dívida na Grécia e tudo o resto. Nos PALOP ninguém fala!!! Chiu! Acabou-se!

Anónimo disse...


Sim os PALOP parece assunto tabu!

Abraham Studebaker disse...

Divisões no PS são sinal de uma chuva de Cavacos!!! Afastemos as nuvens negras que trazem a borrasca e deixemos brilhar o claro Sol,de esquerda,ou há outro?