domingo, 23 de agosto de 2015

A figura

Os dois miúdos rondavam há vários minutos as mesas da esplanada daquele café lisboeta, numa das quais se sentava uma conhecida figura da política portuguesa, há muito retirada das lides, mas que frequentemente era ainda recordada nas televisões. Olhavam para a pessoa de várias perspetivas, trocando sussurros entre si. Teriam, no máximo, uns doze anos. Depois de uns minutos de hesitação, um deles, deixando o outro à distância, aproximou-se da mesa e perguntou: "Você é o f....". O antigo político olhou então o garoto e limitou-se a responder: "Sou, sou eu!" É então que esse mais atrevido, de longe, se volta para o outro e, bem alto, exclama, orgulhoso da sua razão: "Eu não te dizia que ele não tinha morrido?!"

2 comentários:

Isabel Seixas disse...

Bem, de qualquer forma não incluiu o ainda...

disse...

cheira-me que esse f é de francisco louçã...