sábado, 26 de dezembro de 2015

"A russa a caminho do Marão"


Ferreira Fernandes, no DN de hoje, retoma uma história aqui contada há dias. Ter o mais credenciado cronista português a ecoar brilhantemente o meu modesto escrito foi uma excelente prenda de Natal.

2 comentários:

Anónimo disse...

Li e achei muito interessante a postagem de FSC e até lhe deixei um comentário. Igualmente esta crónica, como todas as outras de FF são para ler e pensar. A bela russa lá continuará o seu trabalho e decerto vais gostar de ter sido motivo para estas crónicas. Ouvir falar, pela primeira vez em Portugal, da sua longínqua ilha Sacalina, só ela pode descrever o que se passou na sua sensibilidade...

Anónimo disse...

Lá vão recomeçar as excursões a Padronelo. Agora não é para o pão. Será para atestar o depósito...