terça-feira, 21 de maio de 2019

Camões


A Chico Buarque acaba de ser atribuído o Prémio Camões.

Uma excelente, justa e oportuna decisão.

10 comentários:

Manuel do Edmundo-Filho disse...

Justíssima. Mais justa que a atribuição do Nobel a Bob Dylan.

Anónimo disse...

Um esquerdinha que come caviar e toma veuve clicquot em Paris, é bom ser esquerdinha assim!

Carlos Fonseca disse...


Se a inveja fosse tinha, muita gente era careca!

José Figueiredo disse...

Não sei a causa da maledicência ser anónima. Não li nenhum livro de Chico Buarque mas se a escrita for como a música que nos deu!...

Anónimo disse...

está quase, cuidado!!! A inveja mata, não deixa careca!

Anónimo disse...

A premiação é uma provocação do governo de esquerda de Portugal, contra o governo de direita do Brasil, O Sr. Buarque é um notório esquerda desse tipo: A premiação é uma provocação do governo de esquerda de Portugal, contra o governo de direita do Brasil, O Sr. Buarque é um notório esquerda desse tipo: Cuore a sinistra portafoglio a destra! Como escritor medíocre. Prêmio com viés partidário, sem mérito nenhum.

Anónimo disse...

Ao valoroso anónimo das 13,40. Gostava de saber por que motivo a direitinha acha que a esquerda não pode comer caviar. O objectivo da esquerda democrática não é que quem pode não viva bem . Pelo contrário, como responde Olaf Palme a um membro do Conselho da Revolução que lhe disse que o fim fã da nossa revolução era acabar com os ricos, “tem graça é o contrário do socialismo, cujo fim é acabar com os pobres “. Acresce que a esquerda mais radical e contra a caridade e a moderada pensa que quanto mais gasta quem é rico melhor. Finalmente recordo que durante 70 anos o único país que produzia bom caviar era a URSS, a direita se o comia subsidiava o comunismo.
Fernando Neves

Anónimo disse...

Ao Glorioso anónimo da 15:06. Respondo com frases da Dama de Ferro:
O socialismo dura até acabar o dinheiro dos outros.
Os socialistas gritam ‘Poder ao Povo' e erguem o punho cerrado enquanto o dizem. Todos nós sabemos que o que realmente querem dizer é ‘Poder sobre as pessoas, Poder ao Estado’.
Tentar curar a doença britânica com socialismo era como tentar curar leucemia com sanguessugas.
Os socialistas não gostam que pessoas comuns escolham, pois elas podem não escolher o socialismo.
Grama que a esquerda pisou não cresce nunca mais.
Essa é a situação do Brasil!
Alguém já leu a obra literária do Sr. Buarque, seus livros não passaram da 1ª edição, e que sobrou está para saldo, mesmo assim encalhados.
Foi um notório mamador da Lei Rouanet passou para o lado da incompetente Dilma Vana Rousseff, assassina e terrorista, pois sua irmã foi ministra da cultura!!!!

Anónimo disse...

Na minha modesta opinião e na minha santa ignorância sempre pensei que este tipo de prémio fosse atribuído a alguém cuja obra o fizesse merecer.

Essa ladainha de esquerda, direita, volver ... ai, ai, é coisa antiga e cheira a ranço.

A obra de Francisco Buarque de Holanda é primorosa. É um poeta. É um prosador. É um dramaturgo. É um compositor musical. Querem o quê mais? O homem é um iluminado, caramba!

Pois, que possa comer caviar por muitos e muitos mais anos e que eu possa ainda por aqui estar para poder escutá-lo e lê-lo, sempre com enorme prazer.

Parabéns, Chico!
Parabéns aos que o escolheram!

"O Amor é Fodido" ... e a inveja também ...



Anónimo disse...

Toda essa narrativa de vanglorias para com o Sr. Buarque ? Só se for aí em Portugal! Lamento muito, depois de Portugal ter um Fernando Pessoa e um Eça de Queirós, queimar vela com esse mal defunto ? Tenha a santa paciência!!! Como compositor musical vá lá, mas dizem que suas composições eram compradas, procure na NET!