sábado, 14 de novembro de 2009

Cidade Universitária (1)

Hoje à tarde, conduzindo o meu carro, fui à Cité Universitaire de Paris, para estar presente no encontro de antigos residentes da Casa de Portugal, a residência André de Gouveia. Porque conheço mal o espaço, fui-me guiando pela sinalização interna da Cité. E com que deparei? Com indicações como Casa do Líbano, Casa do Cambodja, Casa do Brasil e RAG. RAG? Isso mesmo, a sigla da "Residência André de Gouveia". Quanto à menção a Portugal, nada... Chegado à Casa, olhei com mais cuidado e lá estava, como única indicação, RAG, no revestimento da intervenção arquitectónica que a casa sofreu, com subsídios da Fundação Calouste Gulbenkian! Nem uma nota existe de que se trata da Casa de Portugal.

C'os diabos!? Como é que foi possível ter-se deixado desaparecer a indicação Casa de Portugal?

Na minha intervenção, feita em frente de todos os antigos residentes e da principal directora da Cité Universitaire, não deixei de manifestar esta minha perplexidade, que traduz também o meu desagrado. Pessoal e como embaixador. E que fica aqui registado, para todos os fins úteis.

1 comentário:

Anónimo disse...

Acho muito bem.
E que a sua decisão de divulgar a omissão injusta dos direitos inalienáveis de autor na sinalética, surta o efeito desejado, a reposição do nome identificador de origem e continuidade Portuguesa.
Isabel Seixas