sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

A luta dos enfermeiros

Custa-me muito ver uma classe tão prestigiada e respeitada como sempre foram os enfermeiros, que em toda a vida nos habituámos a ver como nossos “aliados” em momentos difíceis, terem-se deixado conduzir por uma luta venal extrema, com laivos de crueldade, muito à revelia do sentimento profissional de solidariedade com o sofrimento do próximo que tinham sabido cultivar, e que agora os aliena do público utente e projeta deles uma imagem muito negativa. As lutas sindicais são legítimas e insubstituíveis em democracia, mas a esta faltou o bom-senso e a afirmação permanente do primado do sentido de serviço público, até para preservação do bom nome da classe, que se liga intimamente ao respeito que, com certeza, quererá conservar na sociedade. Este é um triste momento para a imagem dos enfermeiros portugueses - é preciso dizê-lo. E estranho muito que, talvez por temor corporativo, alguns enfermeiros com maior sentido de responsabilidade não tenham tido a coragem de vir a terreiro dizer aos seus colegas que o que é demais é erro.

9 comentários:

Anónimo disse...

há inúmeras pessoas na sociedade portuguesa que não têm nenhum modo de melhorarem a sua situação e que vivem em condições precárias, com grande esforço, que trabalham imenso, muito mais do que as horas da lei, e que são dedicadas aos outros e à sociedade
esses deveriam ser valorizados para que os valores sobressaiam sobre o desejo do "para mim" e do "quero"

Zé Escorpião disse...


Vamos ser claros. A greve dos enfermeiros, é pura luta politica, movida pela esquerda sindicatos, e à direita encabeçada pela ordem. É pena que a maioria destes profissionais se tivessem deixado arrastar para um beco de difícil saída. As posições estão extremadas a tal ponto que não vai haver vencedores. Todos são perdedores.

Anónimo disse...

Lido.

Despacho:

Sempre que há uma greve nunca percebi porque razão se fazia só uns dias. Se de facto a greve era legítima porque não se fazer durante mais tempo para see realizarem o dezejado com ela.

[Desculpem-me este meu despacho mas.... as greves de hoje são iguais às de outros tempos da velha Senhora. Não há diferença no propósito.]

Não deferido.

MS disse...

2018
Esperas para consultas chegam quase aos cinco anos

https://www.dn.pt/edicao-do-dia/09-set-2018/interior/esperas-para-consultas-chegam-quase-aos-cinco-anos-9810565.html

2017
Tribunal de Contas: Ministério da Saúde falseou dados sobre tempos de espera

https://www.dn.pt/portugal/interior/ministerio-da-saude-falseou-dados-sobre-tempos-de-espera-acusa-tribunal-de-contas-8850323.html

2018
Cirurgias urgentes "feitas com mais de 48 horas de espera" no Garcia de Orta

https://www.sabado.pt/portugal/detalhe/estamos-a-assistir-a-uma-descapitalizacao-do-sns

2018
Demissões no Centro Hospitalar Lisboa Central. Urgências do São José precisam de um “plano de catástrofe”

https://expresso.sapo.pt/sociedade/2018-07-06-Demissoes-no-Centro-Hospitalar-Lisboa-Central.-Urgencias-do-Sao-Jose-precisam-de-um-plano-de-catastrofe#gs.oM0FO3xD

2018
"Gaia está a arder." 52 diretores e chefes de serviço do hospital demitem-se

https://www.tsf.pt/sociedade/interior/demitiram-se-52-diretores-e-chefes-de-servico-do-hospital-de-gaia-9804514.html

2018
Administração do Hospital de São João demite-se

https://www.dn.pt/pais/interior/administracao-do-hospital-de-sao-joao-demite-se-10417861.html

2018
Dívida do SNS a fornecedores e credores aumenta 51,6% em três anos
2,9 mil milhões de euros em 2017, o que representa um agravamento de 51,6% face a 2014.

https://observador.pt/2019/01/08/divida-do-sns-a-fornecedores-e-credores-aumenta-516-em-tres-anos/

2018
Tribunal de Contas diz que situação financeira do SNS é “extraordinariamente débil”

https://www.publico.pt/2018/02/09/sociedade/noticia/tribunal-de-contas-diz-que-situacao-financeira-do-sns-e-extraordinariamente-debil-1802559#gs.ApMJC915

Anónimo disse...

A luta dos enfermeiros nada tem a ver com a Esquerda. A Senhora, da Ordem, é dirigente relevante do PSD. É uma luta política, por parte da Direita, contra o Governo. Basta aliás ver os comentários dos escribas da Direita nos diversos "media" para se perceber isto.
E curiosamente ouvir o que a Direita pensa. Interessante que, quando são greves da CGTP já as greves são más. Mas, o mesmo se aplica ao PCP, visto esta greve lhe escapar.

Carlos Fonseca disse...



A bastonária disfarçada de sindicalista. Ou é ao contrário? Já não percebo bem...


https://tvi24.iol.pt/videos/sociedade/tvi-revela-gravacao-da-bastonaria-dos-enfermeiros-a-acertar-se-com-sindicalistas/5c5b3c760cf232f8cfbb97e1

Anónimo disse...

Tretas, tretas e mais tretas! Excesso de consultas, excesso de cirurgias que o estado actual da ciência não justifica e que deixamos que sejam manipulados
Em pleno século XXI permitir que uma conquista civilizacional- que o estado democrático assuma obrigações de defesa de direitos sociais e do bem comum seja posto em causa por corporações organizadas, deve ser denunciado. Chantagens na Educação Publica , no Serviço Nacional Saúde e na Segurança Social não devemos permitir. Abril foi essa esperança!

Anónimo disse...

Inteiramente de acordo com o comentário do Anónimo das 16:56. A direita a fazer braço de ferro ao Governo. Já foram repostas as famigeradas 35 horas e outros importantes benefícios. Não pode ser tudo, ao mesmo tempo. O mesmo se passa com outras Organizações, nomeadamente, os professores. No tempo do Passos, Gaspar, Maria Luís e quejandos, andaram caladinhos que nem ratinhos, agora que o Costa cedeu, querem mais. Noutros tempos (do despesismo), era talvez possível. Estou ao lado do Governo. Se entrasse na derrapagem das contas certas ainda eram, pela mesma direita, acusados de eleitoralismo!.

Anónimo disse...


permita-me que transcreva:
Em pleno século XXI permitir que uma conquista civilizacional- que o estado democrático assuma obrigações de defesa de direitos sociais e do bem comum seja posto em causa por corporações organizadas, deve ser denunciado. Chantagens na Educação Publica , no Serviço Nacional Saúde e na Segurança Social não devemos permitir.

não devemos permitir que se deixe deteriorar o serviço para depois haver desculpas que tem de ser substituído por não funcionar !:(((