quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

Porque sim!


O artigo em epígrafe, hoje publicado no "Jornal de Notícias", pode ser lido aqui.

6 comentários:

Luís Lavoura disse...

Diz que "o Montepio é o que é" e eu devo dizer, como cliente que sou do Montepio, que é um banco que funciona excelentemente bem e de forma muito honesta, pelo menos comigo tem sido sempre assim.

Omite ademais o Crédito Agrícola, que tem capitais 100% portugueses, tem balcões em tudo quanto é sítio (até em Almeida!), incluindo em muitas aldeias, e cobra comissões muito baixas.

Francisco Seixas da Costa disse...

O Montepio não tem dimensão para fazer parte do “campeonato” que aqui trato

Anónimo disse...

Tirem-me de sócio de esse Banco, já que me fizeram sócio à força.

Arlindo Mano disse...

O Montepio e a Caixa Agrícola são as únicas instituições bancárias com capital português. Mais foram as únicas que não foram (directamente!) ao bolso dos contribuintes, apesar das aflições conhecidas provocadas, sobretudo, pelo tsunami financeiro internacional e seus efeitos na nossa débil economia.

Luís Lavoura disse...

Francisco, se o Montepio não tem dimensão, isso será porque a maioria das pessoas não pensa como o Francisco e prefere ter o seu dinheiro em bancos de capitais estrangeiros. O Francisco não se queixe, cada um tem e deve ter a liberdade de pôr o seu dinheiro onde quer.
De qualquer forma, já que o Francisco prefere bancos de capitais portugueses, aconselho-o a optar pelo Montepio e/ou pelo Crédito Agrícola, são ambos excelentes bancos, muitíssimo melhores que a Caixa (da qual também já fui cliente).

Anónimo disse...

O Montepio , basta ler o curriculum do presidente........e o CA ??????....